04 dezembro 2007

House of the Rising Sun (lost)


Começamos com o olhar de Sun - que observa seu marido Jin enquanto ele busca por peixes com suas próprias mãos - quando somos levados para... um FLASHBACK – onde Jin é um garçom de uma festa chique para o alto escalão coreano; e Sun faz parte dessa sociedade. Ambos em posições que se contrastam de maneira gritante com os personagens que conhecemos na ilha.
Jin se aproxima de Sun e lhe oferece uma taça de champanhe, mas existe uma troca a mais ocorrendo entre os dois – nos seus olhos – e quando eles se encontram mais tarde, nós descobrimos que eles são amantes, enquanto se beijam em privacidade. Sun quer fugir para a América enquanto Jin está preocupado com a aceitação de seu pai. Jin lhe dá uma orquídea branca – que é tudo que pode comprar naquele momento. De volta à ilha, Jin está distraído observando Michael e Walt andando pela praia quando, do nada, ele culpa Michael e começa a bater nele sem parar.
Jin quase mata Michael enquanto Walt e Sun assistem à luta sem poder ajudar, até que Sawyer e Sayid aparecem para acabar com a briga. Sawyer usa as algemas do agente para prender Jin num pedaço da fuselagem. Enquanto isso, Jack, Kate, Charlie e Locke procuram por alguma fonte de água fresca.
Quando Charlie se separa do grupo, inadvertidamente pisa numa colméia. Locke, que parece ter o seguido, diz a Charlie para não se mover, mas Charlie tem um medo incontrolável de abelhas. Enquanto ele se equilibra precariamente no topo da colméia – abelhas voando por cima de sua cabeça, nós voltamos para – a praia, onde Michael está explicando o que aconteceu. Se defendendo, sua frustração aumenta quando a barreira de culturas e idioma entram em cena.
Sayid insiste que Jin continue algemado até que eles chegam a alguma conclusão. Sun continua a observar enquanto entramos em – outro FLASHBACK, num idílico lago, onde Jin mostra suas intenções de casar com Sun, com as benções de seu pai e lhe dá o anel de noivado. Sun está mais que contente até saber que, em troca, Jin aceitou trabalhar no negócio de seu pai. E no seu olhar de preocupação. De volta à ilha, Charlie luta para continuar parado enquanto mais abelhas voam em sua volta.
Jack tem um plano – ele irá cobrir a colméia, mas antes que ele consiga executar seu plano, Charlie leva uma picada e chuta a colméia. O raivoso enxame começa a voar atrás do grupo e eles correm em diversas direções, golpeando as abelhas e balançando suas roupas. Kate corre para uma caverna, onde ela tropeça em restos de ossos de esqueletos humanos, um masculino, e outro feminino, mostrando evidências de que de fato existiam pessoas na ilha antes deles. Quando Jack examina “Adão e Eva”, nós descobrimos que eles estão mortos aproximadamente há 40 anos e morreram sem nenhuma evidência de trauma. Entre suas poucas posses, Jack encontra uma bolsa contendo duas pedras – uma preta, uma branca. Na praia, Sun aplica babosa no pulso de Jin, que está machucado por causa das algemas.
No FLASHBACK, nós assistimos Sun entrando numa casa bem decorada a procura de um presente embrulhado que está a sua espera, com um adorável filhote de Sharpei dentro. Mas ao invés de um olhar satisfeito, Sun parece deprimida. Jin também está distante e em vez de compartilhar este momento com sua esposa, se retira para o quarto para atender uma chamada do trabalho. Já nos dias de hoje, Jack se anima com a descoberta dos corpos na caverna. Ele sugere que, em vez de levar água ao povo, que traga o povo à água. Enquanto Charlie e Locke concordam e ficam ali para preparar as coisas para os outros, Kate não está muito convencida e continua não querendo mudar-se.
Enquanto isso, de volta à praia, Walt está triste e confuso pelo ataque e indaga se seu pai tinha parte naquilo. Michael imediatamente assume que a sua mãe lhe contou coisas ruins sobre ele, mas a verdade é ainda mais dolorosa para aceitar. Sua mãe nunca falou dele para Walt. E com estes relativos estranhos nós encontramos – estranhos de uma maneira diferente.
FLASHBACK
Mais uma vez na casa de Sun, que está bem mais decorada, e onde parece estar mais aprisionada na sua prisão de luxo. Jin chega e corre para o banheiro com sangue nas mãos. Sun o segue e implora a Jin uma explicação, mas ele ignora e apenas diz que estava trabalhando. Frustrada pela mentira, Sun dá um tapa em seu marido, mas em vez de uma reação tudo que ela consegue é um frio olhar de um par de olhos mortos. Sun percebe que pela primeira vez não conhece mais seu próprio marido. Jin fala que ele faz tudo que seu pai mandar – e o que ele faz, faz por eles. Mas Sun não engole a resposta e se retira com medo. De volta à caverna, Charlie não pode escapar do olhar observador de Locke, que insiste em falar que sabe quem ele é e o que ele procura. Paranóico, Charlie assume que Locke sabe de seu vício, quando na verdade, Locke está falando sobre seu status no Drive Shaft e o fato dele ter perdido sua guitarra no acidente. Locke diz a Charlie para ter fé – a ilha lhe fará uma ótima proposta... se ele estiver disposto a dar algo em troca.
Enquanto isso, Jack retorna à praia e descobre que as pessoas estão bem divididas quanto a ir para a caverna. Kate fala para Jack que ela não está disposta a se mudar e os dois se separam.
Sun encontra Michael cortando madeira.
Num inglês perfeito, ela explica que seu marido atacou Michael por causa de um relógio que pertenceu a seu pai – um relógio que Michael está usando; um relógio que simboliza honra entre os homens de sua vida. E enquanto Michael tenta compreender tudo isso, nós entramos em outro FLASHBACK onde uma mulher que parece ser uma decoradora dá a Sun instruções em como fugir no aeroporto quando estiver numa viagem de negócios com Jin. Nós descobrimos que Sun estava estudando inglês por algum tempo para deixar seu marido. Voltando para o tempo real, Charlie finalmente livra-se de Locke e foge para se drogar. No minuto que Charlie tira suas drogas, Locke chega perto dele, mandando que as dê antes que acabe – porque aí, nas razões de Locke, ele estará em controle de suas escolhas.
Charlie está de saco cheio com Locke e pede para deixá-lo em paz, mas Locke se recusa. Num momento de desespero, Charlie entrega a bolsa para Locke. E, claro, ele avista sua guitarra pendurada numa árvore.
Michael se aproxima de Jin com um machado, mas em vez de matar o cara, Michael explica que ele inocentemente achou o relógio e libera Jin do castigo. Ele avisa a Jin para manter distância dele e de seu filho e vai embora enquanto Sun os assiste.
FLASHBACK FINAL
Estamos no aeroporto da Austrália. Sun está prestes a fugir de seu marido, olhos fixos no relógio para o carro esperando lá fora. Mas quando olha novamente para Jin, ela o encontra segurando uma orquídea branca nas suas mãos, a lembrando do amor simples que um dia tiveram. Sun decide que ficará com seu marido e permite que o carro parta sem ela.
Na caverna, Charlie toca violão enquanto Hurley, Jin, Sun e Jack chegam. Enquanto isso, de volta à praia, Sayid, Sawyer, Boone, Shannon, Michael, Walt e Kate mantêm o sinal de fogo aceso. Os acompamentos estão dividos enquanto Kate e Jack observam suas fogueiras

Um comentário:

Patricia disse...

Nunca assisti lost na vida. haha