23 novembro 2007

TABULA RASA(LOST)


SPOILER-LEIA POR SUA CONTA E RISCO

Numa improvisada barraca, Jack tente ouvir o que o policial resmunga mesmo com dor, sem parar: "Não confie nela... Ela é perigosa." Quando Jack pergunta quem "ela" é, o policial diz para ele olhar no bolso de seu terno. O que ele encontrou, iria mudar as coisas para sempre naquela ilha. A foto de uma prisioneira... Kate! O grupo que foi em busca de sinal desce a montanha. Está ficando escuro e alguns deles querer acampar para passarem à noite. Sawyer quer entrar na floresta mesmo assim, mas quem viu os 2 primeiros episódios sabe que não seria uma boa idéia e convencem ele a ficar.



Sentados em volta de uma fogueira, eles conversam sobre o que deveriam contar aos outros sobre a transmissão em francês que captaram. Aquela informação não era exatamente o que tinham em mente, então decidem não contar aos outros para preservar suas esperanças. Pelo menos por enquanto... Por falar em esperança, de volta à barraca, Jack tenta de todos os jeitos salvar o agente. Hurley entra e dá de cara com a foto de Kate e pergunta à Jack o que todos queremos saber: "O que acha que ela fez?" - o que nos leva até um flashback.




FLASHBACK Kate, na mira de uma espingarda de um fazendeiro (Ray), quer saber o que ela faz dormindo em seu celeiro. Depois de conversarem, os 2 chegam à um acordo que pode ser vantajoso para ambos. Ele precisa de ajuda na fazenda, e ela precisa de um emprego e um lugar para ficar. Ela diz que seu nome é "Annie." De volta à fogueira aonde alguns esperam o dia amanhecer, Boone pega a arma de Sawyer e as balas de Sayid. Todos acordam e discutem sobre quem deveria ficar com a arma, mas não chegam num candidato de confiança - até que pára nas mãos de Kate. Ela, relutante, aceita.

Na manhã seguinte, Hurley vai até a barraca para avisar Jack que o grupo estava de volta. Kate puxa Jack de lado e diz que precisa contar algo à ele... a sós. Jack acha que Kate irá dizer algo sobre aquela foto. Mas não é isso que acontece, Kate diz à Jack sobre a transmissão francesa. Ele pergunta se não tem mais nada que ela deveria dizer à ele. Ela pergunta se o agente já tinha recuperado a consciência. Quando Jack diz que ele sussurrou alguma coisa durante a cirurgia, Kate pergunta se ele disse algo à Jack. Depois de pensar um pouco sobre aquela pergunta, Jack diz que não. A saúde do agente piora. Se não encontrarem antibióticos, ele não irá sobreviver. Hurley diz que procurou em todos os lugares... menos na fuselagem - mas estava cheio de corpos "e todos estavam... mortos." Jack entra no avião e faz o possível para não perturbar os corpos enquanto procura desesperadamente por algo que possa ajudar o agente. Ouvindo algo se mexer atrás dele, Sawyer aparece revirando tudo por alguma razão - ele estava fazendo "compras". Jack diz à ele que estava desrespeitando os mortos, mas Sawyer fala para Jack entrar no espírito da coisa. Jack ainda pensa que estão numa civilização enquanto Sawyer percebe que estão na "vida selvagem."

Na praia, Charlie ajuda Claire a pegar algumas bagagens usando uma cadeira-de-rodas do avião e começam a fazer amizade. Enquanto isso, Sun leva uma maleta até Jin, mas olhando com mais atenção, Jin tem certeza de que não à pertence e diz a Sun para continuar procurando. Mas antes disso, diz à ela para ir se limpar, que está deixando ele envergonhado. Assim que ela parte, ele diz que a ama. E o mais estranho é que realmente ele pareceu dizer a verdade.



Hurley encontra com Kate na porta da barraca e tenta não parecer que sabe do segredo e percebe que ela estava com uma arma na cintura. Ele não sabe disfarçar.



FLASHBACK
Kate decide que já é hora de deixar aquela fazenda. Mas quando aceita uma carona de Ray até a estação de trem, ela percebe que ele está tentando entregá-la para a polícia. Ele viu a fotografia dela na cidade e diz que realmente precisa daquele dinheiro da recompensa. Kate olha pelo retrovisor e vê o agente, seguindo-os. Numa tentativa desesperada para fugir, Kate agarra o volante e bate num caminhão que estava na estrada. Salvar o fazendeiro que estava inconsciente dentro da caminhonete prestes a explodir, fez com que Kate perdesse sua chance de escapar e é capturada pelo agente.



De volta à ilha, o policial encontra Kate logo acima e agarra sua garganta, enforcando-a. Jack puxa o policial antes que fosse tarde demais. Michael tenta fazer amizade com Walt - querendo saber o que aquele careca tinha dito à ele. Walt diz ser um segredo, mas quando Michael o pressiona, Walt diz que Locke contou que "um milagre havia acontecido." Michael diz ao filho para ficar longe de Locke. Quando a chuva para, Michael vai á procura do cachorro na floresta. Ele escuta algo atrás da grama alta, algo perigoso. Ele corre o mais rápido que pode para ficar o mais longe possível daquilo e dá de cara com Sun, que está sem blusa e se limpando. Nesse momento, temos uma situação embaraçosa.


De volta à praia, o agente está morrendo. Gritando de dor. Seus gritos está abalando o resto do grupo. Sayid pergunta à Jack se algo não pode ser feito. Jack diz que está fazendo o possível. O agente diz à Jack que quer conversar a sós com Kate. Enquanto ela está n barraca, Hurley conta a Jack sobre a arma que estava em sua cintura. Jack corre até a barraca mas já é tarde demais... "BANG!" De dentro da barraca sai... Sawyer!

Ele fez o que precisava ser feito - o que Jack não poderia fazer. Terríveis gemidos vêem de dentro da barraca novamente. Quando entra, Jack descobre que o agente não está morto - Sawyer atirou nele no peito! Ele estava mirando no coração, mas errou! Ele iria sangrar por horas e sofrer mais ainda.

Jack tira Sawyer de dentro da barraca. E algums minutos depois... os gemidos param. Jack sai da barraca e passa por Sawyer sem dizer nenhuma palavra.

Um comentário:

Lord disse...

Acho que a série perdeu um pouco do fôlego. Provavelmente sentados nos louros da vitória, os roteiristas e produtores relaxaram um pouco. Os episódios estão maçantes e sem aquele "pique" de suspense do passado.